10 dezembro 2008

SOB O TEU DOMÍNIO


Sob o teu domínio eu me rendo
Sou presa em cativeiro
à mercê da tua luxúria.
Sob o teu domínio eu me prendo
entregue às tuas unhas, à tua fúria
misturada à tua carne, ao teu cheiro,
aos teus gozos, línguas e dedos...
Submissa dos teus quereres
vou cumprindo os meus deveres
de amar-te assim corajosa e constante
Tua fera, teu anjo, teu pecado, tua amante
Delicada e nua, ponho tudo ao teu alcance.
Sob o teu domínio, coisas que nunca tive...
Sob as tuas presas, sinto-me livre!


Por Van Luchiari ©

17 comentários:

Ricardo Rayol disse...

absurdamente delicioso

iara disse...

hummm me fez lembrar alguém que tanto me domina e adoro ser dominada por ele!
gostoso demais o poema van.
bj

o casalqseama* disse...

ehhh, van,
o amor exige coragem!


bjão da fê =D

tossan disse...

Ótima e bem sensual como eu gosto. Bj

D.Ramírez disse...

Lindo lindo..seus textos envolvem tanto quanto as imagens que escolhe. Adoro.

besos

Ser-In disse...

Saudade de seus escritos cheios de contornos, suor e gemidos...
Saudade desse espaço que pulsa e faz pulsar...e que aguça, atiça.
Saudade que agora mato um tantinho apenas. Porque esse qualquer tentativa outra, não seria mais que traço de ingenuidade.
Gosto muito do que escreve, do pensa, imagina e oferece. Gosto de mais de vc! bjs querida Van.

MCI disse...

Gosto que me enrosco!
Rs.
Você é sempre tão... INSPIRADORA!
Bendita você!
Beijos mil, Van!

Poisongirl disse...

AFF mulé praticamente gozei aqui.
Sério...

Absurdamente gostoso!

[ rod ] disse...

Conexão interessante entre o escrito e a foto... somos inteiros quando a alguem, conscientemente, nos prendemos.

Bjs moça,




Novo Dogma:
saCro...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

[ rod ] disse...

Conexão interessante entre o escrito e a foto... somos inteiros quando a alguem, conscientemente, nos prendemos.

Bjs moça,




Novo Dogma:
saCro...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Troll disse...

E nesse misturar da carne, nessa busca do prazer quase profano, de como uma entrega pode se tornar mais a cada gesto, suspiro, perdidos dois em gemidos. O Domínio tomando a pele, fazendo posse, deixando que o corpo todo arrepie-se ao menor toque do algoz.

Delícia de texto, nossa.

Dog disse...

inspiradora!
ficou simplesmente delicioso.



beijos!!!

Menino-Homem disse...

É apaixonante sua escrita... E as imagens são de extrema sensualidade e graça. Você transmite algo íntimo de forma arrebatadora...

Miucha disse...

A imagem é...extasiante e o texto diz muito da entrega. Feliz 2009 bj,gostei de passar por aqui.

Anônimo disse...

o que é visto, é dito e sentido!

Márcio Ahimsa disse...

...sob o domínio do prazer, a mercê da pele enraivecida e nua, sob o olhar da lua, cúmplice teimosa dos gemidos e sussurros que emanam desses corpos cansados.

Mais um texto maravilhosos, Van.

Beijos.

Van disse...

Obrigada a todos, queridos!
Delícias de comentários!

Beijucas