17 junho 2008

WE´LL FIND EACH OTHER IN THE DARK


Eu te encontro na penumbra mais densa
quando mergulho no silêncio que não te tem.
Eu te amo na solidão mais profunda
quando me encontro, desesperadamente vazia.
Eu te imagino ao meu lado, inteiro
quando o mundo à minha volta parece se quebrar.
Eu me ofereço aos espaços vazios em que te vejo
quando a tempestade e os ventos me arrebatam.
Eu te provo no imponderável do absurdo
quando o fim de tudo se aproxima.
Do princípio ao fim.
Do principio ao fim.
E sinto o toque inevitável da tua língua
penetrando o meu desejo longínquo.
Paro o tempo. Transpasso o espaço.
Eu te vejo ao meu lado, na escuridão da noite.
Na escuridão do meu corpo.
E te grito: Nem tudo se vai.
Eu fico!

Por Van
Luchiari

2 comentários:

Carlos disse...

Van,

Estou impressionado! Pela sua versatilidade.
Beijo,
Carlos

Van disse...

;)